Skip navigation

Category Archives: Radioamadorismo

ATRAÇÕES

Está é uma programação prévia das atrações que estamos preparando para o ENCARA 2017.

A partir de agosto de 2017

  • Diploma ENCARA 2017

A partir de Outubro de 2017

  • Indicativo Especial
  • Distribuição de Cartão QSL Especial ENCARA 2017

17/11/2017 – Local: Anatel

  • Provas de ingresso e promoção de classe – A Anatel abrirá agenda de provas para o dia 17/11 (sexta-feira). Radioamadores que estiverem em Florianópolis para o ENCARA poderão aproveitar para fazer as provas.

18/11/2017 – Local: UDESC 

  • Palestras Técnicas e Workshops
    • Estação de contest: do simples ao complexo – PP5JR
    • Projetando Antenas com o MMANA-Gal – PP5JD/PP5JA
    • Workshop – APRS e Tcheduino – PY3NZ
    • Workshop – RTL-SDR uma abordagem prática – PP5AMP
    • Expedições – PP5BZ/PP5JD
    • Satélites PU2UGO
    • Workshop JT65 – PY2GTA
    • ZY2QG – Expedição Ilha das Cobras – PY2XIZ
  • Reunião de Clubes, Labre e mantenedores das repetidoras

19/11/2017 – Local: ASSEFESC 

  • Eletroca
  • Almoço
  • Sorteio de brindes
  • Expositores
    • HAMPLUS
    • Antena Kit
    • Victor Charlie Antenas
    • PY3IDR – Livro Padre Landell de Moura
    • DataComm
  • Espaço das Xtais
  • Transmissão do QTC da Labre-SC no local do encontro

fonte (http://www.encara.com.br/atracoes/)

Comunicamos aos amigos que estão se deslocando a Joaçaba devido as chuvas algum pontos estão interditados. A chuva das últimas horas foi responsável por fazer um rio transbordar na Avenida Caetano Branco, mais precisamente na altura da Agência dos Correios, em Joaçaba no sentido luzerna joaçaba.

A Ponte sobre  rio do Tigre, nas proximidades do antigo estádio Municipal, Local em que está sendo construído o parque também foi interditada .

_*RISCO DE CHUVA FORTE COM RISCO DE INUNDAÇÕES E MAR AGITADO EM SANTA CATARINA!*_

*Quarta (31/05), pode chegar a 80 mm e 100 mm em todas as regiões.*

*Na quinta-feira (01/06), a chuva persiste no Sul do Estado, com acumulado que pode chegar a 50 mm e 70 mm.*

*Entre a tarde de quarta (31/05) e manhã de sexta-feira (02/06), são esperadas rajadas de vento Sul que podem chegar a 50 a 70 km/h no Litoral de SC, devido à intensificação do ciclone próximo da costa catarinense.*

*Nos dias 31/05 a 02/06 a maré alta deve provocar alagamentos nas regiões mais baixas do litoral catarinense. Os alagamentos serão provocados pelos seguintes fatores: agitação marítima (ondas de 2.0 a 2.5 m), influência da maré, ventos do quadrante sul, nos dias 01 e 02/06, e chuvas fortes e contínuas ocorridas no estado. Recomenda-se atenção nos locais próximos a desembocaduras de rios, Rod. Diomício Freitas, Centro de Eventos – CentroSul, praias do Sul da Ilha de Santa Catarina, Avenida Atlântica de Balneário Camboriú, Barra Velha, Araranguá, Laguna, Itajaí, Joinville, Tijucas dentre outros.*

*Confirmando-se as previsões meteorológicas e maregráficas, poderemos ter problemas de alagamentos nas vias públicas nos municípios onde sofrem influência da maré.*

*Devido à chuva prevista, as condições hidráulicas dos rios estarão prejudicadas para escoar o excesso hídrico. Caso os valores chuva superem em muito os 100 mm previstos, poderemos ter inundações em algumas bacias e complexos hidrológicos como: Rio Chapecó, Rio Jacutinga, Rio dos Queimados – Concórdia, Rio do Peixe, Rio Canoas, Rio Araranguá, Rio Urussanga, Rio Tubarão, Rio Cubatão do Sul, Rio Biguaçú, Rio Tijucas, Rio Camboriú, Alto e Baixo Vale do Itajaí, Rio Itapocú e Rio Cubatão em Joinville.*

_*Recomendamos acompanhar o monitoramento hidrológico na página da Epagri/Ciram no item Rios On Line.*_

Equipe: Epagri/Ciram
Laura Rodrigues / Erikson de Oliveira – Meteorologistas
Argeu Vanz – Oceanólogo
Guilherme Miranda – Hidrólogo

Muito antes de se falar em internet, e satélites os Radioamadores já formavam uma rede de amigos e solidariedade em todo o mundo.

Através do Radioamadorismo, desenvolvemos diversos conhecimentos gerais, como:

Geografia – ao manter contato com diversos locais do Brasil e do mundo, o Radioamador estará adquirindo conhecimentos de geografia, ao consultar os locais em mapas e Atlas.

Eletrônica – o Radioamador é um experimentador movido pela curiosidade. Logo surgirá o interesse pela eletrônica para montar seus próprios equipamentos e acessórios.

Física e matemática – para a construção de antenas, torres, etc.

Línguas – o Radioamador poderá praticar a conversação de outras línguas, com pessoas de todo o mundo.

Cultura geral – muitos assuntos e curiosidades sobre os mais diversos assuntos.

Rádio emergênciaNo Brasil o radioamadorismo caiu em descrédito. Vários fatores contribuíram neste sentido como o aparecimento de satélites, internet, celulares, o rádio PX  que também é rádio comunicação (muito utilizado pelos caminhoneiros e pescadores) porém o ingresso a esta modalidade é feito apenas através do pagamento de uma taxa sem a necessidade de provas e seu uso não tem características do uso e preservação dos padrões ético, operacional e/ou técnico, entre outros vários fatores.

Hoje o Brasil e mais especificamente Santa Catarina, tanto a sociedade como a defesa civil (em função de eventos como, por exemplo, furacão Catarina e enchentes), redescobriram o radioamadorismo e sua teia como excelente canal de comunicações, principalmente quando em situações de emergência.

Países como o Japão, USA, Canadá, França, Alemanha apóiam os radioamadores, sendo considerado serviço de grande relevância pelos governos, fornecendo desde treinamentos, isenções de taxas para aquisição de equipamentos, cursos e preparação até convênios com os órgãos governamentais para o fomento das redes e o bom fluxo das informações de forma fácil e abrangente em níveis locais, estaduais, nacionais e internacionais e principalmente em situações adversas.

Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) é o órgão regulamentador e fiscalizador.  O uso de equipamento de radiocomunicação sem a devida licença expedida pela Anatel, infringe leis e pode ser punido com pesadas multas e processo federal.
Uma estação básica de radioamadorismo compõem-se de:
1- O rádio
2-Uma fonte de alimentação de 13,8V com
corrente superior ao máximo consumo do seu rádio.
3-Uma antena específica para a faixa de operação de seu rádio.

Recentes correntes têm tentado provar que o inventor do rádio foi um brasileiro.                                         O gaúcho padre Roberto Landell de Moura.

Sempre que se comunicar transmita a Paz.
Antonio Alberto Goetze Neto – PP5GN

RADIOESCOTISMO (adaptado da expressão em inglês Radio Scouting)

Radioescotismo é o nome que se dá às atividades escoteiras que incluem o uso de equipamentos de radiocomunicação.

É mais um atrativo para os jovens e mais segurança para todos.

Através de uma estação de radioamador, é possível estabelecer contatos, por exemplo, entre nosso acampamento e a sede do Grupo. É possível, ainda, contatar escoteiros e radioamadores ao redor do mundo inteiro. Essa é uma área de interesse extremamente diversificada, capaz de promover a intercomunicação entre os jovens, incentivando-os às práticas científicas e estudos técnicos, além de prepará-los para atuar em comunicações de emergências. É, também, um grande desafio.

São várias as atividades de Radioescotismo, dentro as quais destaca-se o Jamboree no Ar, ou seja o JOTA. No Brasil, temos também o CQWS, o Scout’s Field Day e a Patrulha Baden Powell. Você pode saber mais sobre essas atividades aqui mesmo, em nosso site.

É necessário destacar que aqueles que se dedicam ao Radioescotismo são Escoteiros e também Radioamadores. São, em sua maioria, bons escoteiros, bons mateiros, bons chefes e dedicados líderes, que também têm o conhecimento do radioamadorismo e das comunicações em geral. Têm sua formação escoteira como todos, porém, além disso, dedicam-se à radiocomunicação, tanto como hobby quanto como parte da maior reserva mundial de comunicações de emergência.

Ainda hoje, com todo o avanço tecnológico da telefonia, fixa e celular, ainda acontecem muitas situações em que somente os Radioamadores conseguem estabelecer contatos entre áreas atingidas por desastres naturais e os socorros de urgência.

“O Escoteiro que é radioamador aumenta sua capacidade de ajudar e participar da formação de uma sociedade mais solidária.”

BADEN POWELL previu o futuro dos jovens e da radiocomunicação dentro do Escotismo. Em “The JOTA Story”, Len Jarrett, 1993, publicação da WOSM, há duas citações suas:

  • Em 1913, quando a revista “Wireless Word publicou um esquema da Compahia Marconi com instruções de como montar um telégrafo sem fios, dirigido a Movimentos de Jovens, BP teria comentado que o rádio está se tornando um “hobby” favorito dos rapazes, e é de muito valor para eles, porque há muito futuro. Desejo que os escoteiros, custe o que custar, façam muito uso desta oportunidade que lhes é oferecida, porque certamente farão um bom trabalho e esse tipo de interesse lhes trará uma enorme recompensa no futuro.
  • A outra citação ocorreu em 1922: “O que está se tornando a maior mania entre os jovens? A Radioescuta e toda a sua tecnologia”.

A publicação ainda cita outros fatos curiosos e criativos, como a instalação da primeira estação Radioescoteira, a “XBS”, do “1st Arundel Troop” de Sussex que recebeu mensagens passadas de 800 milhas e transmitiu com alcance de 5 milhas.  Em 1913, a mesma revista “Wireless World” publicou reportagem sobre atividades Radioescoteiras.

Em 1957, durante o 9º Jamboree Mundial, em Sutton Park, Birmingham, Inglaterra, foi montada a primeira estação de Radioamador numa grande atividade escoteira. Era a estação GB3SP e Alan Dennis, G3CNV, foi seu primeiro operador. Ouça a gravação de alguns dos contatos e noticiários da GB3SP clicando na foto.

Foi esta estação que inspirou Les Mitchell – G3BHK e uma equipe de escoteiros radioamadores a fazer uma reunião anual através do rádio: assim nasceu o Jamboree On The Air, em 1958.

De lá para cá o interesse dos jovens escoteiros pelo radioamadorismo vem crescendo em todo o Mundo.

O JOTA atualmente reúne cerca de 500.000 escoteiros e radioamadores em todo o mundo, numa grande demonstração de fraternidade e união.

No Brasil, as atividades de Radioescotismo estão subordinadas à Equipe Nacional de Atividades Especiais e são coordenadas pela Equipe Nacional de Radioescotismo, com o apoio de Equipes Regionais e seus coordenadores. Além disso, contamos com diversas parcerias como, por exemplo, a LABRE, o Araucária DX Group, Radiohaus e a Feirinha Digital, dentre outros.

 

Um radioamador de Gloucestershire, no sudoeste da Inglaterra, conseguiu conversar com os astronautas da Estação Espacial Internacional (EEI) usando apenas o aparelho que tem em um depósito no quintal de sua casa.

Adrian Lane, pai de dois filhos e que tem 52 anos, pratica o radioamadorismo há quase 20 anos se comunicando com outros entusiastas.

Lane está na newsletter da Nasa e recebeu um alerta de que a EEI estaria passando por cima da região onde vive.

A partir daí ele planejou o contato de forma a aproveitar os poucos minutos em que a estação passaria, a mais de 320 quilômetros de altura e a uma velocidade que pode ultrapassar os 27 mil quilômetros por hora.

 

Quando a estação finalmente entrou na frequência que ele podia usar, Lane enviou um sinal tentando contato com um dos astronautas. E, espantado, recebeu uma resposta, dando as boas-vindas.

“Fiquei muito animado. Não é todo dia que você conversa com um cara no espaço. E eu consegui”, disse.

Lane e o astronauta conseguiram conversar por cerca de 50 segundos, até a EEI se afastar da frequência permitida.

Durante a conversa, Lane perguntou como era o espaço e a resposta foi simples: “Muito escuro”.

“Falei para eles como a Terra deve parecer maravilhosa vista de lá de cima.”

“Eles disseram: ‘ah, Adrian, é incrível.’ Um deles disse que era muito escuro, mas quando você olha para baixo, para a Terra, é muito colorida. Perguntei como estavam as coisas no espaço naquele dia. Foi muita adrenalina”, disse.

Lane divide o espaço do depósito com a tartaruga de estimação da família. E, segundo o radioamador, apesar do feito extraordinário, sua esposa odeia seu hobby pois ele passa mais tempo no depósito do quintal do que em casa.

“Ela odeia (o radioamadorismo) com paixão”, afirmou

(fonte – G1 )